Município de Anadia

Internet Marketing Bruidsfotograaf

Atividades / notícias

Tamanho Letra:

 

ANADIA CIDADE EDUCADORA

 

 

O movimento das “Cidades Educadoras” surgiu em Barcelona no ano de 1990 e desenvolveu-se a partir de uma abordagem ampla de educação, indo além da sua vertente escolar. A escola e a familia deixam de ser vistas como tendo um papel exclusivo nesteSER Cidade Educadora web âmbito, sublinhando-se a importância de outras entidades como as instituições públicas e privadas, formais, não formais e informais, que se devem envolver na formação de cidadãos e na realização de projetos educativos.

Em termos nacionais, estas ideologias refletem-se na Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras (RTPCE), a que o município fica agregado quando adere à Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE). Ambas defendem a importância da educação na cidade, as vertentes educativas dos projetos políticos, e o zelo pelos princípios explícitos na Carta das Cidades Educadoras, tais como o espírito de cooperação, o diálogo entre gerações, e uma política educativa abrangente, transversal e inovadora, que englobe a educação formal, não formal e informal, tal como as particularidades culturais.

É de realçar que o trabalho em rede, nomeadamente através de congressos internacionais e encontros nacionais, permite enriquecer projetos, fomentar parcerias, e aceder mais facilmente a iniciativas de entidades internacionais, facilitando o estabelecimento de novos contactos e possíveis colaborações. Favorece, ainda, a partilha de boas práticas que são divulgadas no Banco Internacional de Documentos, para o qual os municípios associados contribuem.

O Município de Anadia integrou o grupo de cidades que adota o conceito de uma educação ao longo da vida e que promove uma política educativa e social. Em prol dos outros, e com os outros, trabalhamos com a premissa da conquista e da partilha.

A identidade e as atribuições do Município de Anadia revelam-se nos serviços que presta, e, através de uma comunicação direta e persuasiva, a autarquia procura estabelecer e manter fortes elos de ligação com os munícipes, a quem serve, e que são fortes aliados no trabalho e na decisão. Nesta tarefa, conta com a colaboração inestimável das juntas de freguesia, dos parceiros sociais, da comunidade educativa, das associações culturais e desportivas, e de toda a população.

Graças a esta integração numa rede de boas práticas, partilharemos uma visão alargada e enriquecedora que permitirá, também, transmitir aos agentes e parceiros do Município de Anadia mais conhecimentos e modos de ação e de intervenção.

“A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida”.
John Dewey

 

 

 

 

Dia Internacional da Cidade Educadora

 

 

2018.11.30 - Dia Internacional da Cidade Educadora

 

 

ANADIA COMEMOROU DIA INTERNACIONAL DA CIDADE EDUCADORA

O Município de Anadia associou-se, no passado dia 30 de novembro, às comemorações do Dia internacional da Cidade Educadora, tendo promovido diversas ações, com destaque para a construção de um puzzle gigante, cujas peças ilustram, com fotografias de diversos eventos e projetos municipais, os 20 princípios das Cidades Educadoras.
A celebração assumiu, este ano, um novo formato, procurando aproximar-se da comunidade, mediante a partilha e acesso a uma rede de boas práticas, numa visão alargada e enriquecedora, por forma a transmitir aos munícipes mais informação e modalidades de ação e de intervenção.
O Município de Anadia integra, desde 2016, a Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE), entidade que adota o conceito de uma educação ao longo da vida e que promove uma política educativa e social. Em prol dos outros, e com os outros, trabalha com a premissa da conquista e da partilha, e promove a importância da educação na cidade, bem como as vertentes educativas dos projetos políticos e o zelo pela “Carta das Cidades Educadoras”, tais como o espírito de cooperação, o diálogo entre gerações e uma política educativa abrangente, transversal e inovadora que englobe a educação formal, não formal e informal, de que são exemplo as particularidades culturais.
Através de uma comunicação próxima e direta, a autarquia tem procurado estabelecer e manter fortes elos de ligação com os munícipes, a quem serve, e que são fortes aliados no trabalho e na decisão. Nesta tarefa, conta com a colaboração inestimável das juntas de freguesia, dos parceiros sociais, da comunidade educativa, das associações culturais e desportivas, entre outras, e de toda a população.
No âmbito da sua ação no seio da AICES, o Município de Anadia tem dado a conhecer, através do Boletim da Rede Portuguesa das Cidades Educadoras, as atividades e projetos que, no âmbito das boas práticas, tem vindo a desenvolver em consonância com os 20 princípios estabelecidos pela associação.

 

 

 

puzzle final

 

 

 

 

2017.11.30 - Dia Internacional da Cidade Educadora

 


Um ano após a adesão do Município de Anadia à Associação Internacional de Cidades Educadoras, a autarquia alia-se, uma vez mais, à comemoração do Dia Internacional da Cidade Educadora, reforçando o compromisso de humanizar, cooperar, dinamizar e formar em cooperação e para a comunidade.
Com base na nossa identidade, propomo-nos dar continuidade ao projeto partilhado, assente numa educação “de e para todos” ao longo da vida.
Neste sentido, Anadia reitera o Manifesto dos Autarcas da Associação Internacional de Cidades Educadoras.
Assim, em representação de todos os agentes e parceiros do Município de Anadia nesta missão, assumimos a continuidade da partilha de boas práticas, o diálogo entre gerações, e o zelo pelos princípios explanados na Carta das Cidades Educadoras.

 

 

 

 

 

 

 

Manifesto dos Autarcas da Associação Internacional das Cidades Educadoras

 

 

2017.11.30
Dia Internacional da Cidade Educadora

 

Manifesto dos  Autarcas
da Associação Internacional das Cidades Educadoras

 

Manifestamos o nosso firme compromisso com o Direito à Cidade Educadora, como extensão do direito fundamental de todas as pessoas à educação e como veículo para tornar realidade outros direitos fundamentais.

Entendemos o Direito à Educação como promotor do desenvolvimento humano, social e económico das pessoas e dasCidade educadora comunidades e como elemento indispensável para atingir um desenvolvimento sustentável, uma cidadania ativa e uma paz duradoura.

Enquanto governos locais assumimos o nosso compromisso com a educação, uma educação inclusiva e de qualidade ao longo da vida, assegurando que este direito possa efetivar-se sem discriminação alguma e reforçando o importante trabalho educativo exercido por escolas e famílias.

Cabe também destacar as propostas educativas inovadoras, de âmbito não formal e informal oferecidas por bibliotecas, museus, centros culturais, de saúde, desportivos, serviços municipais, associações, tecido empresarial, meios de comunicação, etc., que devem complementar e enriquecer a educação formal.
Convencidos do enorme poder de transformação social da educação, reconhecemos e apoiamos o valioso trabalho educativo que realizam todos estes agentes na construção deste modelo de cidade. Com eles contribuímos para uma mudança de paradigma na educação.

Neste sentido, a Autarquia convida a comunidade educativa, o tecido associativo e a sociedade civil a juntarem esforços para efetivar o Direito à Cidade Educadora: uma cidade que seja regida pela inclusão e a igualdade de oportunidades, pela justiça social, pela equidade, pela diversidade; uma cidade livre de todo o tipo de violência, que promova a democracia participativa, a convivência entre diferentes culturas, o diálogo entre gerações, a empatia, a cooperação, etc. Esta ambição responde aos Princípios plasmados no nosso roteiro: a Carta das Cidades Educadoras.

Só assim, somos capazes de articular uma grande rede local de agentes educativos em torno deste projeto compartilhado, conseguiremos converter o espaço urbano num espaço educador, onde, para além de facilitar o acesso a conhecimentos e saberes se transmitam valores e atitudes para que as pessoas possam desenvolver as suas capacidades e virem a ser agentes ativos no desenvolvimento das suas comunidades.

Como responsáveis políticos comprometemo-nos a criar espaços de encontro, diálogo, reflexão e decisão, onde estejam presentes as diferentes culturas e grupos sociais que integram a nossa sociedade com o objetivo de conseguir responder com êxito aos numerosos desafios que enfrentam os nossos municípios.

 

 

pdf  MANIFESTO - DIA INTERNACIONAL DA CIDADE EDUCADORA 2017.pdf

 

          pdf  CARTA CIDADES EDUCADORAS.pdf

 

          pdf  MANIFESTO - DIA INTERNACIONAL DA CIDADE EDUCADORA 2016.pdf

 

               DOSSIÊ (link) -   Princípio 6: Responsabilidade Partilhada  

 

         pdf  CIDADES EDUCADORAS - Atividades 30 novembro 2016.pdf

 

          pdf CIDADES EDUCADORAS - Dossiê imprensa 2016.pdf

 

 

 

 

capa 35

 

 

         pdf Boletim_35_rede portuguesa cidades educadoras_2018

 

 

Mais boletins em:

www.edcities.org/rede-portuguesa/

 

 

 

Copyright © 2014 MUNICÍPIO DE ANADIA | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn